//

CATARINA BOTELHO

07/12/2013 - 05/01/2014

 

folha de montra

 

 

 

“Percorro a pé a minha cidade - Baixa, Avenida, Cais do Sodré, Santos, Chiado, Alfama, Saldanha, Intendente, Avenidas Novas - desloco-me de um lado para o outro e no caminho encontro dezenas, não, centenas de lojas fechadas (e desde que iniciei este inventário, todos os dias vejo mais uma). As suas montras parecem-me pinturas.

 

Estes lugares onde, um dia, entraram e saíram pessoas, estão agora encerrados sobre si próprios,

 

como se fossem caixas sem abertura de onde o ar que teima em não sair.”

 

 

Catarina Botelho

 

 

 

 

 

PT | EN

© A MONTRA 2013